segunda-feira, 4 de abril de 2011

A Arquitetura barroca




A arquitetura barroca ocorreu em vários países católicos da Europa como Itália, Áustria, Espanha e Portugal. Países protestantes como a Inglaterra não apresentam a arquitetura barroca. A arquitetura barroca se destaca em Igrejas, santos e esculturas ligadas a religião.

Antes do estilo barroco estar em voga à construção se edifícios, isto é, a arquitetura, baseava-se em regras rígidas e fixas.A frente de uma igreja também não havia colunas nem espaços abertos por onde as pessoas pudessem andar .
Chegando ao Brasil, as construções de traço barroco se lançavam aos olhos de uma população mista formada por alfaiates, ambulantes, funcionários públicos, indígenas, e escravos . Essa população, na maioria das vezes, só conseguia compreender o sentido dos valores religiosos afirmados pela catequese com a imponência de imagens ricas onde a complexa ornamentação pretendia reafirmar o caráter sagrado dos santos e templos religiosos O estilo barroco difundiu-se por todas as regiões do Brasil, todavia influenciou mais a cultura de umas determinadas regiões do que outras como assim ocorreu nas cidades mineiras de Ouro Preto e Diamantina onde a influencia barroca é mais intensa.

As Igrejas da Bahia, por exemplo, após a invasão holandesa foram destruídas, mas logo restauradas adotando em seu novo padrão o estilo barroco. Algumas levaram cerca de cinqüenta anos para ficarem prontas, o que explica a mistura de estilo
Minas Gerais são conhecidas como o “berço da arte barroca brasileira”. Apesar de ser a região onde mais se encontrou ouro,no interior da maioria de suas igrejas há pouco ouro.Geralmente o exterior é simples e, em muitas delas,é decorado com as rochas típicas da região,como pedra-sabão.
Os principais arquitetos barrocos são: Francesco Borromini , Lois Le Vau, o francês François Mensart, e os brasileiros Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e Manoel da Costa Ataíde.
                       
                   
                                                      VIDEOS
video
                            Documentário

Nenhum comentário:

Postar um comentário